sábado, 15 de novembro de 2014

PASSADO DE SANGUE

Nota 6,0 Mescla de drama e suspense envolvendo refugiados de guerra é passatempo ligeiro

Quando falamos em guerra é comum nos lembramos de conflitos marcantes do passado, mas ainda há muitas batalhas sangrentas travadas pelo mundo todo. Estranhamente, mesmo com todo aparato tecnológico e de comunicação disponível hoje em dia, poucos desses fatos chegam ao conhecimento público, principalmente quando envolvem regiões onde a miséria e o descaso de autoridades são inerentes. O drama com pitadas de suspense Passado de Sangue não enfoca a guerra propriamente dita, mas sim as dificuldades pelas quais passam os refugiados, pessoas que por mais que se esforcem dificilmente deixarão de ser estigmatizados nos países onde buscam abrigo. Vistos como imigrantes que ajudam a inflar as estatísticas de desemprego ou até mesmo de crimes, a situação é ainda mais agravante quando a cor da pele torna-se motivo para aumentar o preconceito. Na trama escrita e dirigida por David Gleeson acompanhamos o drama vivido por Joe Yumba (Eriq Ebouaney) que fugiu das péssimas condições de vida do Congo para tentar a sorte na Irlanda, mas desde sua chegada as coisas não foram nada fáceis. Demorou muito para conseguir o documento que lhe permitiria viver e trabalhar no país tranquilamente, uma grande sondagem para certificarem-se de que não era um criminoso infiltrando-se em terras europeias, mas isso não evitou que ele se tornasse um dos principais suspeitos de um assalto ao banco onde trabalhava como segurança. Na realidade este homem se envolveu realmente com tal fato, mas tentando fazer o bem. Ele recebeu em sua casa os refugiados Kala (Fatou N’Diaye) e o garoto Daniel (Brian Eli Ssebunya) e os assumiu como sua família para evitar problemas a seus compatriotas que também fugiam da sangrenta guerra civil em seu país natal.

Prometendo segurança à dupla, Yumba se vê se saída quando certo dia é capturado na rua e trancafiado dentro de um carro onde o psicótico Eddie Gilroy (James Frain) o aguarda com um propósito. O segurança é obrigado a facilitar a entrado do bandido e sua quadrilha dentro do banco onde trabalha para assaltarem o cofre caso contrário sua suposta esposa e filho que já estavam sendo mantidos como reféns iriam ser assassinados. O plano é colocado em prática, mas Yumba consegue driblar o bandido e fica com o dinheiro roubado prometendo a entrega somente quando Kala e Daniel fossem libertados. Com o fracasso da operação dos criminosos, a jovem congolesa consegue fugir e fica sob proteção policial e é pressionada a revelar quem realmente é o homem que a abrigou na Irlanda. Existem suspeitas de que ele teria ligações com Erasmus (Hakeem Kae-Kazim), um famoso cafetão e traficante de drogas. Realmente eles se conhecem e à esse criminoso o segurança pede ajuda. Eles estavam afastados por Yumba ser completamente contra crimes e violência, mas ambos vivenciaram os horrores da guerra e deveriam se unir para sobreviverem na Irlanda. Como diz o ditado, olho por olho e dente por dente, a dupla arma o sequestro do irmão de Gilroy para forçá-lo a dizer onde Daniel está, mas no fundo o segurança sente-se mal por estar ciente de que deseja fazer o bem por meios torpes e ainda com o risco de ser deportado e obrigado a enfrentar os horrores da guerra novamente. Lançado diretamente em DVD no Brasil, Passado de Sangue está longe de ser um grande filme ou perturbador, mas garante um bom passatempo com conteúdo. É impossível não se colocar na posição dos refugiados que parecem sempre viver com uma arma apontada para suas cabeças ou questionar a manipulação do roteiro que a certa altura tenta implantar a dúvida se o protagonista é um herói ou vilão. Diga-me com quem andas e te direis quem é? Eis a questão.

Drama - 90 min - 2006 

-->
PASSADO DE SANGUE - Deixe sua opinião ou expectativa sobre o filme
1 – 2 Ruim, uma perda de tempo
3 – 4 Regular, serve para passar o tempo
5 – 6 Bom, cumpre o que promete
7 – 8 Ótimo, tem mais pontos positivos que negativos
9 – 10 Excelente, praticamente perfeito do início ao fim
Votar
resultado parcial...

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...