domingo, 15 de dezembro de 2019

MEU MUNDO ENCANTADO

Nota 7,0 Com clima de filme antigo, drama leve resgata valores e inocência apostando no lúdico

Nostálgicos dos tempos das videolocadoras devem se lembrar que o grande barato desse tipo de negócio era dar a oportunidade dos clientes explorarem suas prateleiras e serem surpreendidos por filmes diferenciados e de pouca divulgação. Eram centenas de produções menores que aqui e acolá podiam se tornar sucessos particulares das lojas e o público infantil era bastante contemplado. Com as produções Disney na época sendo lançadas em ritmo de conta-gotas, muitas empresas aproveitavam a brecha para lançarem suas animações similares as do estúdio (mas de qualidade infinitamente inferior) e para ter opções ao público mirim também muitos filmes live-action, entre comédias, aventuras e dramas leves, serviam como opção para um fim de semana em casa. Quem viveu essas experiências certamente deve ter alguma fita que remeta a infância. Analisando tanto esteticamente quanto pelo estilo narrativo, Meu Mundo Encantado parece uma produção pinçada das prateleiras entre as décadas de 1980 e 1990. Deixando-se levar pela emoção, é quase possível ouvir o ruído dos cabeçotes do videocassete ao decorrer da narrativa. Entretanto, esta obra do diretor Micheal Landon Jr. foi filmada em 2008 e por opção artística adotou-se a fotografia envelhecida e o ritmo levemente pausado, detalhes que combinam perfeitamente com o clima bucólico e inocente desta história que se passa no início do século 20. Toby Morgan (Matthew Harbour) é um garoto cuja imaginação é muito fértil, ao contrário de seu pai, John (Kevin Jubinville), um bem-sucedido empresário que praticamente vive na inércia desde que sua esposa faleceu, assim ele vive com o filho uma relação fria e distante. Obrigado a passar as férias de Natal com Elle (Una Kay), sua severa avó que mora em um luxuoso casarão, porém, um lugar sem vida, o garoto descobre um sótão que servia de quarto de brinquedos quando seu pai era criança. Eis que ele encontra um antigo coelho de pelúcia, um presente deixado por sua mãe.

Emocionado não contém as lágrimas que acabam caindo sobre o boneco que em um passe de mágica ganha vida própria. Toby então ganha um novo amigo e passa a viver incríveis aventuras em um mundo encantado, mas isso não agrada a sua avó que interfere constantemente nas brincadeiras despertando tristes memórias da infância do Sr. Morgan acentuando a falta que o filho sente do pai. Baseado em um dos livros infantis mais vendidos em todo o mundo, "O Coelho de Pelúcia", de Margery Williams, publicado pela primeira vez em época contemporânea a narrativa, o longa aposta no lúdico para contar uma história no fundo triste. Para acentuar o clima fantasioso, todas as sequências de aventuras vividas pelo protagonista, o coelho e outros brinquedos, são apresentadas em versão de desenho animado com traços tradicionais e multicoloridos. Paralelamente, o garoto precisa se adaptar ao cotidiano melancólico de sua avó e lidar com a ausência do pai que coloca a carreira em primeiro plano sempre. O filho aguarda ansioso que ao menos tenha sua companhia durante as comemorações do Natal.  Roteirizado pelo próprio diretor em parceria com Cindy Kelley, infelizmente este tocante filme é praticamente desconhecido e tem dificuldades para encontrar seu público, sendo os mais saudosistas e com espírito tradicionalista os que mais devem se sentir atraídos. Todavia, simples, emocionante e trazendo benéficas mensagens sobre relacionamentos familiares, Meu Mundo Encantado é uma boa opção para entreter os mais novinhos, afinal qual criança não sonha em poder interagir com seus brinquedos de verdade? Se bem que atualmente somente bebês parecem se entreter com bichinhos de pelúcia e afins. A tecnologia certamente é benéfica para o desenvolvimento dos pequenos, mas desde que seu emprego seja com cautela. Infelizmente, o que vemos cada vez mais são bonecas e carrinhos deixados de lado precocemente e celulares e outras bugigangas do tipo nas mãos da criançada. Assista a este filme e deixe aflorar seu espírito infantil ou resgate valores que infelizmente estão se perdendo. 
  
Drama - 87 min - 2008 

-->
MEU MUNDO ENCANTADO - Deixe sua opinião ou expectativa sobre o filme
1 – 2 Ruim, uma perda de tempo
3 – 4 Regular, serve para passar o tempo
5 – 6 Bom, cumpre o que promete
7 – 8 Ótimo, tem mais pontos positivos que negativos
9 – 10 Excelente, praticamente perfeito do início ao fim
Votar
resultado parcial...

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...