sábado, 29 de novembro de 2014

EU ESTOU ESPERANDO POR VOCÊ

Nota 1,0 Com tipos insossos e trama batida, fita de serial killer não conquista nem fãs do gênero

Quem foi adolescente no final da década de 1990 teve o prazer de vivenciar um pouco do que certamente seus pais viveram alguns anos antes. Seja em fitas VHS ou DVD, um dos programas preferidos dos jovens era se reunir na casa de algum amigo a noite para curtir uma sessão de terror, principalmente as fitas protagonizadas por psicopatas como Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo. Quando o gênero dos slashers movie parecia sepultado, Pânico deu sobrevida aos mascarados deitando e rolando em cima dos clichês e da ignorância de certos perfis de personagens, fórmula que também garantiu o sucesso de Lenda Urbana e Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado. Muitas outras fitas menores surgiram querendo aproveitar tal onda, a maioria não fazendo questão alguma de esconder a falta de criatividade como, por exemplo, Eu Estou Esperando Por Você. Só o título já é um aviso de que vem bomba por aí. A produção é totalmente desnecessária, apenas requentando clichês e até mesmo repetindo erros de outros filmes semelhantes. Sarah Zoltanne (Sarah Chalke) e sua mãe Rosemary (Markie Post) acabam de se mudar para uma casa na região do Massachussets, na Nova Inglaterra, uma construção cercada de mistérios e que parece que literalmente parou no tempo, mais especificamente há três séculos. Desde sua chegada a jovem tem recebido telefonemas anônimos nos quais uma voz sinistra diz  a frase que intitula a fita. Além disso ela vem sendo atormentada por pesadelos que tem com uma jovem também chamada Sarah que, segundo a lenda local, séculos atrás fora queimada em uma fogueira nessa mesma casa rotulada como uma bruxa prometendo voltar para se vingar dos descendentes daqueles que lhe condenaram a morte. É claro que tais vítimas não por acaso farão parte do círculo social da protagonista, ainda que não sejam seus amigos, apenas jovens bobocas e metidos a populares no colégio e que azucrinam os novatos e a quem tacham como esquisitos.

A protagonista parece só encontrar apoio no também perseguido Charlie (Ben Foster) que trabalha em uma loja de produtos místicos e afins, assunto que sempre a interessou. Se já não bastasse a acusarem de ter alguma ligação com a antiga bruxa, inclusive que poderia ser sua reencarnação, Sarah ainda terá que enfrentar um psicopata mascarado que está matando os jovens da cidade, mais especificamente aqueles que atormentam  a moça com a tal lenda, ainda que ela própria não esteja a salvo de também ser atacada. Embora munido de garras, o assassino tem diversas forma de atacar e vitimar, o problema é que suas técnicas na época já soavam ultrapassadas e não assustavam nem criancinhas. Tentando pegar carona no ressurgimento da onda dos slashers movies, tudo aqui parece um tanto raso para prender a atenção e até mesmo a dúvida quanto a identidade do vilão se esvai bem antes do clímax. Apesar da falta de criatividade do roteiro de Duane Poole, é importante ressaltar que é baseado em um romance de Lois Duncan, o mesmo autor da obra que inspirou o citado Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado que mesmo narrando uma história batida trazia um clima de tensão constante e afinado. Eu Estou Esperando Por Você não consegue nem uma atmosfera adequada, mesmo contando com o gancho envolvendo feitiçaria, o que deixa clara a preguiça do diretor Christopher Leitch. Sem saber que caminho seguir, a certa altura o argumento sobrenatural é mandado às favas e até a subtrama envolvendo o professor Ted (Tom Dugan) tentando emplacar um relacionamento com a mãe de Sarah, com claras objeções da jovem quanto a seus estranho comportamento, também perde sentido. Feito para a TV americana, o longa teve um discreto lançamento em VHS no Brasil e deve ter frustrado muito moleque que alugou a fita como pretexto para reunir a galera para uma farrinha no fim de semana regada a pipoca e refrigerante.

Terror - 88 min - 1998

-->
EU ESTOU ESPERANDO POR VOCÊ - Deixe sua opinião ou expectativa sobre o filme
1 – 2 Ruim, uma perda de tempo
3 – 4 Regular, serve para passar o tempo
5 – 6 Bom, cumpre o que promete
7 – 8 Ótimo, tem mais pontos positivos que negativos
9 – 10 Excelente, praticamente perfeito do início ao fim
Votar
resultado parcial...

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...